O "Eu Sou"

“E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós.” (Ex. 3.14)

Ao longo da história da humanidade muitas idéias sobre a pessoa de Deus foram concebidas. Isso acabou resultando na criação de vários deuses, que em nada se assemelham ao verdadeiro Deus, o Deus da Bíblia. Aquele que se declarou para Moisés como o “Eu Sou”.

Existe, assim, o deus do deísmo, que não intervém na história de forma ativa; o deus da teologia relacional, que não conhece o futuro de forma perfeita; o deus do ateísmo, inexistente; o deus panteísta, que se confunde com a natureza… A pergunta é: segundo as Escrituras, quem é o Deus verdadeiro? O Deus que se declara como “EU SOU”? Quais são seus atributos? O que Ele tem a dizer sobre si mesmo?

“O SENHOR, o SENHOR Deus, misericordioso e piedoso, tardio em irar-se e grande em beneficência e verdade; Que guarda a beneficência em milhares; que perdoa a iniqüidade, e a transgressão e o pecado; que ao culpado não tem por inocente.” (Ex. 34.6-7a)

“Vede agora que eu, eu o sou, e mais nenhum deus há além de mim; eu mato, e eu faço viver; eu firo, e eu saro, e ninguém há que escape da minha mão.” (Dt. 32.39)

“Eu sou o SENHOR, e não há outro; fora de mim não há Deus; eu te cingirei, ainda que tu não me conheças; para que se saiba desde o nascente do sol, e desde o poente, que fora de mim não há outro; eu sou o SENHOR, e não há outro. Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, o SENHOR, faço todas estas coisas.” (Is. 45.5-7)

“Lembrai-vos das coisas passadas desde a antiguidade; que eu sou Deus, e não há outro Deus, não há outro semelhante a mim. Que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antiguidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho será  firme, e farei toda a minha vontade.” (Is. 46.9-10)

O Deus verdadeiro é misericordioso, piedoso, amoroso e justo. Ele pune o culpado, não o tendo por inocente. Ele é o justo juiz! Ele é onipotente, de modo que a sua mão não pode ser impedida. Ele é o único Deus, criador de todas as coisas. Ele é o Deus Todo-Poderoso! Ele é onisciente, conhece todas as coisas perfeitamente. Ele faz toda a Sua vontade de forma completa. Ele é o Deus Soberano!

Esse é o Deus do Cristianismo verdadeiro! O Deus que é absoluto! O Deus que é Deus! O único que pode afirmar: “Eu, eu sou o Senhor, e fora de mim não há Salvador.” (Is. 43.11).

Soli Deo Gloria

_______

O melhor conhecimento da pessoa de Deus e dos Seus atributos à luz da Bíblia, em contraposição aos “demais deuses” contemporâneos é outro tópico central do Nova Mente.